Crianças do Projeto Meninos da Fazenda de Sumaré farão visita ao Museu do Futebol

O Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação (CGTI), está dando continuidade ao projeto Meninos da Fazenda, que trabalha o futebol de campo em crianças de 7 a 18 anos. Para isso, no próximo dia 15 de outubro a empresa promoverá um passeio cultural ao museu do futebol, localizado no estádio do Pacaembu, em São Paulo. A visita é uma ação sócio esportiva 100% gratuita para 40 crianças participantes do projeto, que é realizado na cidade de Sumaré.

Sobre o Projeto “Meninos da Fazenda”

O projeto esportivo “Meninos da Fazenda”, mantido pela comunidade local no Campo da Fazenda desde 2007, passou por estruturação em junho de 2011 com o patrocínio da Pirelli e Adere através da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte. Esta estruturação visa oferecer corpo técnico, material esportivo e reforço alimentar para 130 crianças e adolescentes, com idade entre 7 a 18 anos.

Na execução deste projeto, proposto pelo Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação – CGTI é disponibilizado professor, auxiliar técnico, materiais para treino, preparo físico e arbitragem, uniformes para jogos e treinamentos, deslocamento para participação de jogos na região além de reforço alimentar e atuação de assistente social.

Sobre CGTI

Em 2003, profissionais e empresas ligadas ao desenvolvimento de inovação uniram esforços para criar um Centro de Excelência em Pesquisa e desenvolvimento – surgindo assim o CGTI (Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação). Sem fins lucrativos, o Centro é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) reconhecido pelo Ministério da Justiça do Governo Federal com atuação em vários setores, promovendo e viabilizando o desenvolvimento nacional, tornando em realidade ideias e projetos que solucionam problemas e dão força ao conhecimento através da realização de pesquisas, estudos, projetos, testes, desenvolvimento de processos, cursos, treinamento e gestão.

A organização abrange cerca de 250 profissionais especialistas reconhecidos internacionalmente em sua área de atuação e 25 entidades de pesquisa, prestadores de serviço, entre elas universidades, laboratórios e fabricantes.

Comments are closed.